Outros Toques

88

Outros Toques

Pandemia pode ser controlada

Nos últimos quatro meses, pesquisadores do Instituto Butantan mediram os efeitos da imunização em larga escala na cidade de Serrana, no interior de São Paulo. A cidade, de 45 mil habitantes, foi escolhida para a vacinação em massa porque tinha um alto índice de contágio. Em abril, Serrana já observava uma queda nos casos. De 699 casos em março, esse número caiu para 251. E as mortes passaram de 20 para 6, nesse mesmo período. Para os cientistas, o controle da pandemia se deu depois que 3 dos 4 grupos receberam a segunda dose. Ou seja, cerca de 75% da população. De acordo com o Instituto Butantan, logo depois do fim da vacinação, o número de mortes caiu 95%.

Apagão da ciência

O governo Bolsonaro destinou este ano à pesquisa o menor orçamento de todo o século XXI. Essa é a constatação com as quantias que o Orçamento 2021 dedicou ao Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o principal órgão de fomento à pesquisa no país. Há para o Centro uma quantia de R$ 1,21 bilhão, o que é quase a metade do valor disponibilizado 21 anos atrás. É o CNPq que decide os recursos para pesquisa em ciência, tecnologia e inovação, além da formação de pesquisadores, editando os repasses a projetos científicos e bolsas de pesquisa de pós-graduação.

Violência doméstica

Uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirma ter sofrido algum tipo de violência no último ano no Brasil, durante a pandemia de Covid, segundo pesquisa do Instituto Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada dia 7/6. Isso significa que cerca de 17 milhões de mulheres (24,4%) sofreram violência física, psicológica ou sexual no último ano. Na comparação com os dados da última pesquisa, há aumento do número de agressões dentro de casa, que passaram de 42% para 48,8%, e cresceu a participação de companheiros, namorados e ex-parceiros nas agressões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here