Outros Toques

170

Outros Toques

Pague seu próprio INSS

A MP 936 editada por Bolsonaro, que permite a suspensão de contratos de trabalho e a redução de jornada com redução de salários, durante a pandemia do coronavírus (Covid-19), tem um item que libera empresários do recolhimento de contribuição do empregado ao INSS, o que prejudica milhões de trabalhadores. A regra determina que o recolhimento é facultativo nesse período e por conta do trabalhador e terá de fazer isso com dinheiro do próprio bolso. Ou seja, o trabalhador já está em dificuldades, provavelmente não vai contribuir, e isso implica em prejuízo no tempo de contribuição e no benefício.

Bolsonaro isolado

A postura de Bolsonaro diante do coronavírus tem sido objeto de constantes críticas da imprensa internacional. Ao se manifestar contra o isolamento social e agir em desacordo com as orientações das autoridades nacionais e internacionais de Saúde, Bolsonaro é um dos únicos líderes do mundo que ainda tenta negar os impactos mortais da doença. O jornal americano The Wall Street Journal destacou as suas andanças pelo Distrito Federal, promovendo aglomerações. Para o jornal francês Le Monde, Bolsonaro se isola e seu discurso serve apenas para “remobilizar” a sua base de apoiadores mais fanáticos. Já a revista inglesa The Economist chegou a chamá-lo de “Bolsonero”.

Argentina é exemplo

Diferentemente do Brasil, a Argentina fechou o país em modelo de lockdown e estuda prorrogar as duras medidas. Porém, a quarentena, decretada no dia 20/3, já apresenta resultados significativos. Até o fechamento desta reportagem, o país somava 1.795 casos de covid-19 e 70 mortes. As medidas severas de isolamento na Argentina preocupam empresários e, também, entidades que representam trabalhadores. Entretanto, as ações do governo vão elevando a confiança popular acima do receio de um colapso econômico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here