Presidente do Sindicato dos Bancários se licencia para concorrer a vereador

28


O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo, a partir de quarta-feira, 3 de junho, está licenciado de seu mandato sindical para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal de Fortaleza, nas eleições de 2020.

Carlos Eduardo está no comando do Sindicato desde 2009 e, neste que é seu quarto mandato, acumulou diversas conquistas para a categoria bancária. Foram garantidos direitos como a ampliação das licenças maternidade (de 120 para 180 dias) e paternidade (de cinco para 20 dias – com implantação na entidade de curso de paternidade responsável); vale-cultura (direito não renovado desde o governo golpista); dez anos consecutivos de aumento real com greves históricas e participação ativa da categoria no Ceará, bem como grandes conquistas com relação à segurança bancária, tendo o Sindicato dos Bancários como protagonista desta luta. Em 2012, foi sancionada a lei municipal e em 2017, a lei estadual de segurança bancária, com diversos mecanismos para proteger a categoria e a população. Ele também tem atuado fortemente em defesa da categoria nesse período de pandemia, como um dos membros do Comitê de Crise com a Fenaban, pois também é presidente da Federação dos Trabalhadores em Empresas do Ramo Financeiro do Nordeste (Fetrafi-NE).


“Estou me licenciando do cargo de presidente do Sindicato dos Bancários porque sou pré-candidato a vereador por Fortaleza. Estou ciente de que essa licença ocorre num momento de muita dificuldade para todos nós, nesses dias de pandemia. Como profissionais de saúde e outras categorias, os bancários têm atuado na linha de frente, atendendo a população da melhor forma possível. E temos, como sempre, atuado na proteção e defesa dos direitos da categoria, sem esquecer da importância do serviço prestado à sociedade, sobretudo àqueles mais vulneráveis”, afirma Carlos Eduardo.


E completa: “a categoria bancária tem histórico de pioneirismo na luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora, e tenho estado à frente dessa luta desde 2009. E é em defesa de uma sociedade mais justa para todos, que gostaria me colocar a serviço da cidade de Fortaleza, dos trabalhadores de Fortaleza, por isso, novamente estou me licenciando do Sindicato e me colocando à disposição de todos os trabalhadores, pleiteando representá-los no parlamento municipal. Os direitos da nossa categoria, da classe trabalhadora e do povo sofrido serão minhas principais bandeiras”, disse. Em 2018, Carlos Eduardo foi candidato à deputado federal.


Ele destaca que, diante de um cenário extremamente desfavorável à classe trabalhadora, com parlamentos cada vez mais conservadores, é de fundamental importância termos representantes dos trabalhadores em todas as Casas para reverter essa conjuntura adversa. “Me sinto parte de um projeto coletivo. Nunca fui de fugir da luta e não seria agora que eu o faria. Por isso, peço o apoio e a participação de cada bancário e bancária, para se transformar num multiplicador desse projeto, que é de todos nós. Lutaremos juntos pela sociedade que sonhamos”, concluiu.