Santander descumpre acordo negociado com Sindicato

22



Em face do decreto municipal que antecipou os feriados de Corpus Christi e Nossa Senhora da Assunção, oficialmente marcados para 11 de junho e 15 de agosto respectivamente, para os dias 27 e 28 de maio, houve uma negociação entre o Sindicato dos  Bancários e a  Fenaban realizada na terça-feira 26/5, em que ficou acordado que as agências bancárias funcionariam em regime especial durante esses dias, realizando apenas atendimento social (pagamento do auxílio emergencial e demais benefícios sociais). Além disso, nesses dois dias, as agências deveriam trabalhar apenas com 30% do contingenciamento dos quadros disponíveis nas unidades.


O Sindicato cobrou ainda os direitos da categoria inerentes ao trabalho em feriados, como por exemplo o pagamento das horas extras, assim como observar as condições de trabalho, obedecendo sempre as orientações das autoridades sanitárias. O objetivo era não gerar aglomeração nos dias seguintes aos feriados antecipados pelo decreto municipal.


Entretanto, para nossa surpresa, constatamos que as agências do Santander não respeitaram o contingenciamento de 30% por agência. Em face dessa constatação entramos em contato com a Representante do Santander, Sra Fabiana, bem como o Sr Adauto, representante da Fenaban, para cobrarmos uma posição. Aproveitamos a oportunidade para cobrar também uma definição sobre o pagamento das horas extras.  


“Esperamos que o Santander cumpra o restante do acordo no que tange ao pagamento das horas extras e que tal postura não mais ocorra diante de um processo negocial”, afirma o funcionário do Santander e diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará, Eugenio Silva.