Sindicato lança campanha Setembro Amarelo para debater saúde mental com os bancários

92

O mês de setembro é dedicado à prevenção ao suicídio e aos cuidados com a saúde mental. Com o objetivo de alertar a categoria bancária a dar atenção, ligar o sinal de alerta e cuidar da sua saúde mental, o Sindicato dos Bancários do Ceará está lançando a campanha Setembro Amarelo, que deve percorrer as principais agências e unidades bancárias debatendo sobre o tema e distribuindo panfleto que traz os principais sintomas de que o bancário precisa de ajuda. A atividade desta terça-feira, 12/9, aconteceu nas agências do Centro da cidade.

“Dificuldade para dormir, tendência a se isolar ou começar a abrir mão de pessoas queridas, não conseguir se desligar do trabalho, viver constantemente angustiado e ansioso, ter dificuldade de falar como se sente são sinais de que o bancário precisa procurar ajuda”, alerta o secretário de Saúde, Eugênio Silva. Ele completa que o Sindicato dispõe de dois serviços – o Grupo de Apoio à Saúde dos Bancários (GASB) e o Plantão Psicológico. “Basta procurar o Sindicato que vamos orientar qual o melhor canal e como conseguir o atendimento mais adequado”, disse.

A rotina exaustiva de trabalho, com metas inalcançáveis e assédio moral, tem aumentado de forma alarmante o adoecimento entre os bancários. Em pesquisa realizada durante a última campanha salarial, 44% dos bancários relataram crises de ansiedade e pânico e ainda 35% tomaram medicação controlada nos últimos 12 meses.

“Os trabalhadores não podem continuar adoecendo para manter os lucros bilionários dos banqueiros. Precisamos acabar com os geradores do adoecimento como assédio moral e a cobrança abusiva de metas”, disse o presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, José Eduardo Marinho.

“As doenças de ordem psíquica estão superando os outros tipos de doenças que levam ao afastamento por licença saúde dentro da categoria bancária, que é cobrada constantemente para entregar resultados, com metas inatingíveis, assédio moral, o que gera medo, insegurança. Essa situação de estresse extremo não pode continuar existindo nas agências. Se você está enfrentado isso, peça ajuda! Pedir ajuda é o seu maior ato de coragem e o Sindicato está aqui do seu lado, para lhe ajudar no que for preciso”, finaliza a diretora do Sindicato, Elvira Madeira. Está é uma campanha do Sindicato dos Bancários do Ceará.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here