Sindicato lança cartilha com passo a passo sobre licença saúde

217

O Sindicato dos Bancários do Ceará realizou nesta terça-feira, dia 4/4, o lançamento da Cartilha Orientativa de Como Tirar Licença Saúde sem Maiores Complicações – passo a passo para você, bancário, tirar licença sem medo e garantir seus direitos do Acordo Coletivo e da Previdência Social.

A cartilha tem como objetivo orientar os bancários em como proceder quando não dá mais para adiar a licença saúde. A publicação traz o passo a passo para dar entrada nos benefícios, esclarece sobre os direitos garantidos em Convenção (e acordos coletivos) e no INSS.

O diretor do Sindicato dos Bancários, José Eduardo Marinho, destacou que a categoria bancária está cada vez mais adoecida, sobretudo acometida de doenças psíquicas. “A nossa mensagem ao trabalhador, com essa publicação, é que ele olhe mais para a sua saúde, que se proteja, e que o Sindicato é seu parceiro nesse momento”, disse ele na abertura do evento.

Já o secretário de Saúde e Condições de Trabalho da Fetrafi/NE e diretor do Sindicato, Aílson Duarte, destacou a necessidade de se melhorar o ambiente de trabalho. “Não é interessante para ninguém um ambiente onde os trabalhadores vivem doentes. Através das mesas permanentes de saúde, queremos negociar essa situação com os banqueiros”.

“Há mais de 20 anos, a negociação coletiva vem garantindo direitos importantes na saúde do bancário. A organização do trabalho nas agências, com a venda de produtos financeiros para maximizar os lucros, tem levado ao ápice o adoecimento da categoria, com índices cada vez mais elevados. A forma como se cobra metas no sistema financeiro adoece e precisamos rever esse modelo. Essa cartilha é um manual importante para facilitar a vida dos trabalhadores”, afirmou o presidente do Sindicato e da Fetrafi/NE, Carlos Eduardo.

“A cartilha surge num momento em que há uma grande demanda de bancários adoecidos. É comum os diretores do Sindicato visitarem as agências e departamentos dos bancos e terem conhecimento de bancários trabalhando com atestado médico na gaveta. A cartilha tem o objetivo de esclarecer aos bancários dos seus direitos constantes no acordo coletivo, bem como da Previdência Social e, ainda, sobre os devidos encaminhamentos junto ao banco e no INSS. Os bancos têm que repensar essa política de metas inalcançáveis que adoece os bancários. Trabalhar com saúde, sim. Doente jamais”, finalizou o secretário de Saúde do Sindicato, Eugênio Silva.

Para acessar a cartilha, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here