Sindicato mobiliza parlamentares cearenses em defesa do BNB

22



Na última terça-feira, dia 12/3, o Sindicato dos Bancários do Ceará participou de uma reunião no gabinete da deputada estadual Augusta Brito (PCdoB), na Assembleia Legislativa do Ceará, para debater estratégias de luta em defesa do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), ameaçado pelo atual governo de extinção ou fusão com o BNDES.


O objetivo da entidade é articular com partidos políticos a construção de uma Frente Parlamentar em defesa do BNB, com a participação de todos os deputados estaduais que concordem em defender o Banco.


Para diversos especialistas econômicos, e também no entendimento do Sindicato dos Bancários do Ceará, essa proposta de incorporação do BNB ao BNDES traria enormes prejuízos à região Nordeste, visto que até mesmo a área de atuação dos dois bancos terem características muito diferentes: o BNDES atua no atacado e mais voltado para projetos de infraestrutura, enquanto o BNB atua diretamente no varejo incentivando o desenvolvimento da região através, em sua maioria, dos micro, pequenos e médios empresários e produtores.


O BNB é o maior agente de crédito rural do Brasil no Nordeste. Somente de janeiro a novembro de 2018, o Banco aplicou no setor o montante de R$ 25,7 bilhões. O agronegócio da região movimenta comércios locais nas zonas rurais e a extinção ou fusão do BNB com outro banco colocaria em risco o sustento de milhares famílias nordestinas.


Além disso, o Banco, que tem hoje cerca de 7 mil funcionários, atende a 4 milhões de clientes ativos, dos quais mais de 160 mil foram incorporados à sua base de atendimento somente nos últimos dois anos. Como maior banco de desenvolvimento regional da América Latina, contratou durante o exercício de 2018 quase 5 milhões de operações no total de R$ 43,5 bilhões destinados aos setores do comércio, serviço, agropecuária, indústria e infraestrutura, com destaque para o financiamento à agricultura familiar e ao microcrédito.


O Sindicato dos Bancários vai prosseguir nas próximas semanas visitando os gabinetes parlamentares buscando apoio político para a defesa do BNB como banco público e de desenvolvimento do Nordeste.