Sindicato protesta contra fechamento de agências no Ceará

103

O Sindicato dos Bancários do Ceará esteve, no último dia 26/8, as agências do Bradesco que devem ter suas atividades encerradas no próximo dia 17/9: Gomes de Matos, Bárbara de Alencar e Barão do Rio Branco. A atividade fez parte ainda da Campanha de Valorização dos funcionários do banco. Os bancários enfatizaram os prejuízos com o fechamento de unidades de atendimento, o alto índice de demissões, além de cobrarem melhores condições de trabalho, o fim da pressão por metas, cada vez mais abusivas, e do assédio moral.

Em plena pandemia, o banco vem batendo recordes de lucratividade, mas, em contrapartida, onera seus funcionários com metas abusivas, assédio moral, ameaça de demissões, redução de quadros e fechamento de agências, o que também precariza o atendimento à população. Com o slogan “Que Vergonha Bradesco”, as entidades representativas dos funcionários vêm denunciando, nas ruas e nas redes sociais, a postura intransigente do banco. A campanha acontece todas as quintas, com tuitaços e manifestações.

“O Sindicato vem recebendo inúmeras denúncias a respeito da cobrança incessante de metas abusivas no estado do Ceará. Estamos realizando diligências para averiguar essa prática condenável que precariza as condições de trabalho e causa adoecimento no quadro de funcionários, tanto físico quanto mental. Queremos respeito, valorização e condições de trabalho decente”, destacou o diretor do Sindicato e funcionário do Bradesco, Telmo Nunes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here