Solidariedade: Comitê de Mulheres Bancárias Ana Dantas faz doação de cestas básicas para famílias carentes

24

Nesta quinta-feira, 8 de abril, aconteceu mais uma ação solidária. O Comitê de Mulheres Bancárias Ana Dantas, que é vinculado à Secretaria de Igualdade e Diversidade do Sindicato dos Bancários do Ceará realizou a entrega de 60 cestas básicas, mais três caixas de mantimentos ao Centro de Vida Irmã Maria Consolata.

A entidade, dirigida pela irmã Josely Miranda, atende em média, atualmente, 300 famílias carentes em Caucaia, promovendo formação social e profissional de crianças, adolescentes, jovens e adultos, através da capacitação, lazer e outros serviços voltados para o bem estar e melhoria da qualidade de vida, assim como procura oferecer a todos a oportunidade de exercitar seus direitos sociais. Diante desse cenário de pandemia, o Centro de Vida tem procurado ampliar sua ação humanitária.

A secretária de Igualdade e Diversidade do Sindicato, Francileuda do Nascimento e o diretor Alex Citó participaram da entrega dos alimentados arrecadados.

“O Centro de Vida Irmã Maria Consolata diz hoje para vocês: gratidão. Gratidão à Secretaria de Igualdade e Diversidade. Gratidão a todo o Comitê de Mulheres Bancárias Ana Dantas, representados pelo Sindicato dos Bancários do Ceará. Com certeza, as doações de vocês farão grande diferença na vida das famílias que serão beneficadas. Vivemos em tempo de pandemia e nosso objetivo maior não é o assistencialismo, mas nesse tempo faz-se necessário assistir as famílias que chegam à nossa casa. Nosso compromisso com o Centro de Vida é promover a vida e a igualdade a todos que chegam à nossa casa pedindo ajuda e todas essas cestas que vocês estão doando serão de grande ajuda. Nossa gratidão em nome de todas as famílias que serão beneficiadas”, agradeceu a irmã Josely Miranda.

“Agradecemos a todos e todas que participaram dessa ação com doações e divulgação. Nosso compromisso maior é com a defesa dos direitos da categoria, mas sempre que necessário estaremos aqui disponíveis para exercer nosso papel social e ajudar àqueles que precisam”, concluiu a secretária de Igualdade e Diversidade, Francileuda do Nascimento.

Fonte: SEEB/CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here