Outros Toques

144

Outros Toques

Spray nasal, não!

A Anvisa cancelou dia 19/1 o aval para a fabricação, importação e comercialização do Taffix, um spray nasal apresentado como capaz de bloquear vírus respiratórios, incluindo o que causa a covid-19. Segundo a Anvisa, “não foram apresentados estudos clínicos que comprovem eficácia”. O Taffix é fabricado pela empresa israelense Nasus Pharma. O medicamento foi o argumento utilizado por Bolsonaro e uma enorme comitiva para uma visita, meses atrás, a Israel.

Teste rápido pelo plano

A Agência Nacional de Saúde (ANS) publicou no “Diário Oficial da União” (DOU) do dia 20/1 a resolução que incluiu os testes rápidos da Covid-19 na lista de cobertura obrigatória dos planos de saúde. A medida começa a valer imediatamente. O teste deve ter pedido médico e vale para pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia desde o início dos sintomas.  De acordo com a agência, a decisão leva em consideração o “contexto atual, que conta com a circulação e rápido crescimento de casos relacionados à nova variante”. A agência recomenda, ainda, que os pacientes entrem em contato com os planos de saúde para “informações sobre o local mais adequado para a realização do exame”

Vacinados x Não Vacinados

Na Suíça, as estatísticas do governo mostraram que pessoas não vacinadas correm um risco de morrer quase 50 vezes maior do que as vacinadas com dose de reforço. Há um ano, o Ministério da Saúde da Suíça reúne dados sobre o status de vacinação da população. O resultado é um gráfico que deixa evidente a eficácia das vacinas – e especialmente da dose de reforço – para salvar vidas. A Suíça vacinou 68% da população com duas doses; 35% com o reforço. E o governo quer aumentar logo esses números, porque os casos não param de subir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here