Após reivindicação do GT de Saúde, Itaú emite comunicado sobre retorno ao trabalho remoto

15

Atendendo a reivindicação do Grupo de Trabalho (GT) de Saúde, o Itaú voltou atrás quanto ao retorno do grupo de risco ao trabalho presencial. A notícia foi divulgada pelo GT, no entanto, a comunicação com os gestores estava gerando dúvidas.

Em reunião realizada dia 17/12, o GT cobrou do banco a divulgação para que os bancários que se enquadram nesta situação pudessem optar pelo trabalho remoto. O banco, atendendo a reivindicação, enviou o seguinte comunicado aos trabalhadores: “Até que haja mais informações sobre a variante Ômicron, os colaboradores com as patologias de maior vulnerabilidade para a Covid-19 (que são doenças que levam à imunossupressão) que estão trabalhando presencialmente podem optar por retornar ao modelo remoto. Se você faz parte do grupo de risco imunocomprometido e opta por retornar ao modelo remoto, entre em contato com o time de saúde ocupacional pelo e-mail programas_bemestar@itau-unibanco.com.br para que o caso seja avaliado”.

Para os representantes do GT de Saúde, os cuidados continuam, pois, a pandemia ainda não acabou, além da nova variante, ainda o surto de gripe influenza é preocupante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here