Breves

74

70% dos bancários são a favor do impeachement de Bolsonaro

Cerca de 70% dos bancários são a favor do impeachement de Bolsonaro. Este é o resultado da pesquisa realizada no site da Contraf-CUT encerrada dia 3/6. Dentre as mais de 1.200 pessoas que responderam à pesquisa em todo o Brasil, 10% não sabem e 20% são contra o impedimento do presidente. Sobre a atuação do governo federal durante a pandemia, 66, 09% dos bancários avaliam como péssima, 11,47% como ruim, 11,63% como regular, 6,93% como boa e 3,88% como ótima. O número cresce quando o assunto é isolamento social: 90% dos entrevistados é a favor, 8% é contra e 2% não sabe. Além disso, 33,11% responderam que estão trabalhando presencialmente em jornada integral, 33,78% estão em home office com jornada completa, 16,85% estão em rodízio e 2,75% estão trabalhando e com jornada reduzida. Entre os que não estão trabalhando, 1% foi despedido, 2,92% está acumulando banco de horas, 1,75% não está acumulando banco de horas, 1,58% está com o contrato suspenso, recebendo benefício do governo e 8,26% teve as férias antecipada.

Governo tira dinheiro do Bolsa Família para publicidade oficial

O governo cortou o orçamento do Bolsa Família, apesar da fila de espera no programa, e pretende usar os recursos para expandir a publicidade institucional. A tesourada foi no segmento destinado a atender as famílias carentes do Nordeste, onde a cobertura caiu em relação ao ano passado. O dinheiro poderia ser usado para liberar a entrada de mais famílias, mas uma portaria do Ministério da Economia retira R$ 83,9 milhões do programa e transfere essa verba para a comunicação institucional da Presidência da República. O corte no orçamento, segundo técnicos do próprio governo, seria suficiente para atender cerca de 70 mil famílias no segundo semestre do ano, quando o benefício médio deve voltar a ser de R$ 200. Há um ano, o governo Bolsonaro iniciou uma sequência de cortes no programa social praticamente travou a entrada de novos beneficiários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here