Outros Toques

202

Outros Toques

Em Pauta histórico

Após ser criticada nas redes sociais por exibir um debate sobre racismo, no programa Em Pauta, somente com jornalistas brancos, no dia 2/6, a GloboNews, canal de notícias pago da Globo, realizou no dia seguinte, 3/6, um novo programa, com o mesmo tema, dessa vez só com jornalistas negras. O apresentador Heraldo Pereira, também negro, conduziu o debate e acabou se emocionando com a edição, considerada histórica. Ele fez questão de falar sobre o combate ao racismo. A edição teve ainda a presença das jornalistas Maju Coutinho, Zileide Silva, Aline Midlej, Flávia Oliveira e Lilian Ribeiro.

Plasma contra a Covid-19

Pessoas recuperadas da Covid-19 podem doar plasma convalescente, um dos componentes sanguíneos, ao Hemoce. O material pode ser usado em terapia auxiliar para pacientes em estado grave com a doença. O doador deve ter se recuperado há mais de 30 dias, além disso, não pode apresentar nenhum sintoma. Os interessados podem realizar agendamento online para comparecer à doação, às segundas, quartas e sextas, de início apenas em Fortaleza. O agendamento pode ser feito pelos telefones (85) 3101.2305 e (85) 3101.2296.

Suécia não é exemplo

A decisão da Suécia de não impor um bloqueio mais duro em resposta à pandemia da Covid-19 resultou em mais mortes que o esperado. A conclusão é do responsável pela estratégia adotada no país, o epidemiologista Anders Tegnell. A Suécia tem uma taxa de mortalidade muito maior que a de seus vizinhos. No dia 3/6, Tegnell disse a uma rádio sueca que o país poderia ter feito mais do que foi feito para conter a pandemia. Em 3/6, a Suécia registrava mais de 4 mil mortes e mais de 40 mil casos, enquanto vizinhos como a Dinamarca, registrava 580 mortes; a Noruega, 237 e a Finlândia, 321. A Suécia foi citada por Bolsonaro como modelo a ser seguido, por não impor isolamento social e manter aberta boa parte do comércio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here