Comando Nacional avalia resistência à reestruturação do BB

59

Em reunião virtual que aconteceu na segunda-feira, 22/2, o Comando Nacional dos Bancários avaliou a série de mobilizações que vem sendo realizada pelos Sindicatos em todo o país contra a reestruturação em curso no Banco do Brasil.

Na ocasião foram analisados os balanços dos bancos divulgados até o momento (BB, Santander, Bradesco e Itaú), além de se analisar as movimentações que os sindicatos estão fazendo contra a reestruturação do BB, como manifestações, plenárias, reuniões nas unidades, ações judiciais etc., com o objetivo de fortalecer a resistência contra o desmonte do banco.

“Os funcionários do BB precisam se integrar a essa luta porque não é segredo que vários membros do governo Bolsonaro já manifestaram posição favorável à privatização do banco”, alertou o diretor do Sindicato, José Eduardo Marinho, que participou da reunião.

A afirmação do dirigente é corroborada por mais um ataque da direita: o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) apresentou na Câmara dos Deputados, dia 17/2, um Projeto de Lei (PL 461/2021) que altera a Lei 9.491 de 1997 e inclui o Banco do Brasil no Programa Nacional de Desestatização.

É importante lembrar que o deputado em questão sempre foi um instrumento da política privatista dentro do Congresso e fora dele. Kataguiri desconhece totalmente a função pública do BB e o lucro produzido por seus funcionários, que refletem em recursos para a União.

Porém, mesmo se aprovada, a proposta do deputado terá que ser alterada por uma Lei Complementar, que deve ter origem no Executivo.

“Temos de fortalecer ainda mais nossa mobilização para que nem esse e nem qualquer outro projeto desse tipo seja aprovado. Sabemos dos interesses do governo federal no desmantelo do patrimônio público, dentre eles, o nosso Banco do Brasil. Temos de mostrar a força da nossa resistência contra essa pauta de privatizações”, concluiu o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo.

Vamos resistir a mais esse ataque e mostrar nossa insatisfação quanto à entrega do nosso Banco do Brasil para a iniciativa privada.  Manifeste-se na enquete promovida pela Câmara, vote em Discordo Totalmente (escolha de 98% dos votantes) e diga Não a esse projeto através do link https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2270313.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here