Sessão solene na Câmara Municipal de Fortaleza homenageia os 90 anos do Sindicato

122


Na noite desta segunda-feira, dia 6/6, o Sindicato dos Bancários do Ceará foi homenageado pelos seus 90 anos de fundação, em uma sessão solene na Câmara Municipal de Fortaleza, atendendo a um requerimento do vereador Dr. Vicente (PT).

O vereador Dr. Vicente destacou que o Sindicato dos Bancários do Ceará é um dos mais antigos do país e o mais antigo do Estado em atividade atualmente. “O Sindicato dos Bancários do Ceará enfrentou a ditadura, é um sindicato de luta, que é sinônimo de resistência pela democracia. É um sindicato que respeita a cota de gênero, se engaja nas lutas sociais e se destaca na luta pela igualdade, contra o fascismo e em defesa da democracia”, ressaltou.

Já o vereador Gabriel Aguiar (Psol) destacou a luta do Sindicato durante os últimos anos. “Os sindicatos, de uma forma geral, foram alvo desse governo de extrema direita e agora é a hora de lutar para avançar e, com certeza, o Sindicato dos Bancários estará presente nessa luta. Parabéns pelos seus 90 anos”, disse.

Durante a sessão solene foram homenageadas algumas pessoas que participaram de alguma forma desses 90 anos de história: o diretor e ex-presidente do Sindicato, Tomaz de Aquino, representado pelo funcionário do Sindicato, Osvaldo Nogueira, também assessor da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB (CNFBNB); o secretário de Finanças do Sindicato, Ribamar Pacheco; o diretor do Sindicato, Bosco Mota; o secretário de Saúde do Sindicato, Eugênio Silva; o presidente da Apcef/CE, Péricles Madeira, representado pelo diretor do Sindicato, Áureo Júnior; a funcionária do Sindicato, Kátia Romcy; a diretora do Sindicato, Mara Ronnyse; a empregada da Caixa e ex-diretora do Sindicato, Glauria Dantas; a funcionária do Banco do Brasil e ex-diretora do Sindicato, Léa Patrícia; a empregada da Caixa e ex-diretora do Sindicato, Patrycia Coelho e o ex-diretor do Sindicato, José de Sousa Júnior.

Em nome dos homenageados, o presidente do Sindicato, Carlos Eduardo, destacou que a entidade sempre foi sinônimo de resistência, tanto que sofreu três intervenções e nem assim se entregou e continuou lutando pela liberdade e pela democracia. Ele lembrou ainda que o Sindicato foi o autor de um projeto de lei levado à Câmara Municipal de Fortaleza, assinado por unanimidade, que se tornou a primeira lei de segurança bancária do país e destacou ainda os 30 anos de Convenção Coletiva Nacional, que garante os mesmos direitos a todos os bancários, em todos os lugares do Brasil. “Além disso, sempre estivemos à frente das principais lutas sociais. Nossa luta sempre será para defender a categoria e para construir uma sociedade mais justa para todos”, concluiu.

Fonte: SEEB/CE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here