Encontros nacionais por bancos acontecem de 3 a 8 de agosto

63

Os bancários de bancos públicos e privados de todo o país se reúnem virtualmente entre os dias 3 e 8 de agosto para discutir estratégias de mobilização e lutas para enfrentar questões específicas de cada banco relacionadas à manutenção do emprego, saúde e condições de trabalho, além de temas que envolvem toda a classe trabalhadora, como a minuta de decreto que altera o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) e vai limitar radicalmente os benefícios dos vales refeição e alimentação, apresentada pelo governo Bolsonaro.

“Todo o país luta hoje por empregos, para ter saúde, alimentação, uma vida digna. Com bancárias e bancários não é diferente. Para defender nossos direitos e nossas conquistas, precisamos nos organizar, nos unir. Esse é o caráter dos encontros dos bancos que estamos realizando no começo de agosto. Toda a população está sofrendo ataques seguidos desse governo. É hora de lutarmos, de nos defendermos. Vamos começar a organizar a categoria bancária nessa luta, para termos mais empregos, melhores salários, comida na mesa e saúde. Para termos um Brasil melhor”, declarou Juvandia Moreira, presidenta da Contraf-CUT.

Banco do Brasil, Caixa e BNB – entre os dias 6 e 8/8 (veja matérias específicas).

Bradesco – Dia 3/8, com o mote “O que queremos do Futuro é emprego, saúde e um Brasil melhor”.

Santander – Dia 3/8, com o tema “Contra a precarização e em defesa da vida e do emprego”.

Itaú – Dia 5/8, com o mote “O futuro só será possível com emprego, saúde e melhores condições de trabalho.

BASA – Dia 8/8, com o tema “Desenvolvendo a região norte e o País”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here