Funcionários negociam teletrabalho com o Banco do Brasil

25

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Banco do Brasil se reuniu dia 27/10 com a direção do banco para discutir um acordo sobre teletrabalho. A negociação foi acompanhada pela Contraf-CUT.

“Não estamos debatendo hoje. Começamos o debate faz algum tempo, na campanha nacional. No início, os bancos avaliavam que o teletrabalho era um privilégio. Mas os bancos economizaram muito com o teletrabalho e os bancários tiveram mais custos para trabalharem em casa. Para nós, é importante o controle da jornada, a ajuda de custo para cobrir as novas despesas, fornecimento de equipamentos e móveis adequados”, afirmou a presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira.

As primeiras discussões foram feitas e a negociação continua nos próximos dias.  “Precisamos lapidar ainda esse acordo. Apresentamos nossas premissas para o debate que foram definidas na nossa conferência nacional. Para nós é fundamental o controle da jornada, o fornecimento de equipamentos e a ajuda de custo, além de outras questões que vão ser discutidas com a direção do banco nas próximas reuniões”, disse coordenador da COE do Banco do Brasil, João Fukunaga.

Negociações – Desde março de 2020, boa parte dos bancários entraram em teletrabalho. Foram cerca de 2/3 da categoria, aproximadamente 300 mil trabalhadores deslocados dos locais de trabalho para suas casas. As premissas para um acordo sobre teletrabalho foram definidas a partir de uma pesquisa feita pelo Dieese Rede Bancários com 11 mil trabalhadores da categoria que passaram para o teletrabalho. A primeira negociação com a Fenaban na renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) foi sobre teletrabalho. A negociação avançou após a campanha nacional da categoria, banco a banco. O primeiro foi o Bradesco, que fechou um acordo sobre o tema. Agora as negociações acontecem com o Banco do Brasil e o Itaú.

1 COMENTÁRIO

  1. Boa tarde gostaria de saber se existe prazo pra encerrar essa negociação uma vez que, a tendência é que a até março ou maio Já exista vacina e a tendência é retornar as agências , já estamos todo esse período sem apoio nenhum por parte do banco todo material, equipamento e afins é nosso até o celular para conectar clientes é o pessoal, por isso gostaria de saber se existe uma data para concluir essas negociações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here