Outros Toques

35

OUTROS TOQUES

Decreto de segurança

Após o vazamento de um dossiê do governo Bolsonaro contra opositores, os chamados movimentos antifascistas, que incluem movimentos sindical e sociais, um grupo criado pelo Ministério da Justiça elaborou e aprovou novas diretrizes sobre como deve ser o trabalho de inteligência, ou espionagem, em segurança pública no Brasil. De acordo com informações da coluna de Mônica Bérgamo, da Folha de SP, o relatório com as diretrizes do trabalho de inteligência deve ser oficializado por meio de dois decretos, que devem ser publicados por Bolsonaro ainda este ano. Apesar de o conteúdo do documento ainda ser sigiloso, as características de Bolsonaro – fascista e antidemocrático – remetem a elaboração do plano um ataque aos movimentos populares.


Anticorpos da covid-19

Os anticorpos do novo coronavírus desaparecem rapidamente depois da infecção, pondo em xeque a teoria da imunidade de rebanho — é o que aponta estudo realizado pelo Imperial College London com 365 mil pessoas no Reino Unido. Segundo a análise dos pesquisadores, que foi realizada entre junho e setembro deste ano, o número de pessoas com os anticorpos necessários para lutar contra as infecções da covid-19 caiu em 26% durante o período do estudo. O resultado da pesquisa também sugere que pessoas com quadros assintomáticos da covid-19 estão mais suscetíveis a perder os anticorpos do que aqueles que apresentaram algum dos sintomas da doença.

Eleitor não precisa apresentar título

Está confirmado. Nas eleições para prefeitos e vereadores deste ano, os 148 milhões de brasileiros aptos a votar não precisarão apresentar o título de eleitor, mas é obrigatório o uso de máscaras para se proteger contra o novo coronavírus. A decisão é do STF. Segundo o Plenário da Corte, a apresentação do título de eleitor não é obrigatória, basta mostrar um documento com foto. Os eleitores que fizeram a identificação biométrica também poderão usar o aplicativo e-Título, cujo perfil tem foto e todos os dados, para entrar na seção eleitoral. O TSE orienta os eleitores a levarem suas próprias canetas para assinar o caderno de votação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here